24 de mai de 2010

H1N1: Rapidinha.

Olá a todos,

Vou chover no molhado, mas esse clip da Turma da Mônica pode animar a criançada a seguir as orientações de prevenção da gripe.

http://www.youtube.com/watch?v=9fSeixh6Dlw

Boa Noite!

9 de mai de 2010

To be or not To be: Umidificadores

Outono instalado, e junto com ele uma queda enorme na qualidade do ar que respiramos (que cá entre nós, já não era grande coisa...). A maior culpada disso é a umidade relativa do ar que diminui significativamente nesses meses.


A umidade relativa do ar ideal gira em torno de 50% a 80%, mas pode alcançar, em alguns locais, níveis tão baixos quanto 12%. A Organização Mundial de Saúde define estado de atenção como valores de umidade relativa do ar entre 21% e 30%. O estado de alerta é definido quando os índices de umidade do ar ficam entre 13% e 20%, e uma região entra em situação de emergência quando os níveis de umidade do ar ficam iguais ou menores do que 12%.

O ar seco é responsável pelo aumento das queixas de pele seca, lábios “rachados”, e dores de cabeça, etc. Nos alérgicos, entretanto, a gama de sintomas é muito maior: tosse, prurido nasal e ocular, espirros, sangramentos nasais, entre outros.

Para minimizar o impacto dessa secura toda, o melhor a fazer é HIDRATAR. Hidratação começa sempre de dentro para fora, ou seja, bebam água. Não estou falando de suco, isotônicos, refrigerantes (eca, eca, eca) e só de ÁGUA. Posso abrir uma exceção para chás naturais feitos em casa e água de coco, desde que consumidos de forma esporádica.

E para hidratar o ar entram em cena os umidificadores (sempre que a umidade relativa for menor do que 40%). Vejam que escrevi umidificadores e não vaporizadores. Vamos ver a diferença abaixo.

Umidificador: funciona com água fria, produzindo uma névoa fina.

Vaporizadores : aquecem a água para produzir vapor. Esquentam um pouco o ambiente, vaporizam o lençol, colchão, taepte (olha o ácaro) e oferecem risco de queimaduras.

Tipos de umidificadores:

Ultra-sônico - São os aparelhos mais silenciosos do mercado. Através da frequência ultrasônica de vibração eles quebram a águanum vapor ultra fino, que parece uma névoa. Se você tiver o cuidado de usar água filtrada no seu aparelho, a chance dele expelir minerais (aquele pozinho branco que aparece nos móveis próximos do aparelho) é bem menor.

Com ionizador – Estes aparelhos liberam íons que neutralizam eventuais bactérias presentes na água.

Apesar dos benefícios do uso do umidificador, vale lembrar que existe um ponto a ser ponderado: o aparelho não tem cérebro, não é seletivo. Ou seja, em excesso, umidifica o ar e também as almofadas, a cortina, o tapete, entre outros. Se você optar por um umidificador, retire os “excessos” do ambiente, e não faça sauna!

1 de mai de 2010

Aquecedorer: qual a melhor escolha?

Aquecedor... ta chegando a hora.


O frio está chegando devagarzinho, e promete ser intenso este ano. E parece que nós paulistanos ainda não estamos adaptados à extremos de temperatura. No calor as casas ficam super quentes, e no frio, um gelo. Com o tão falado aquecimento global e suas consequências, precisaremos de mais ajuda para enfrentar as mudanças climáticas.

Existem diferentes tipos de aquecedores à venda: à óleo, a quartzo , de ventoínha, cerâmicos. Vou contar um pouco sobre cada um, assim fica mais fácil cada um decidir em qual investir!!

Os aquecedores a óleo são silenciosos, não ressecam o ar e mantém temperaturas constantes. Apresentam, entretanto, dois inconvenientes: são os mais caros, e ficam muito quentes, podendo causar queimaduras se alguém encostar a mão.

Os aquecedores de ventoínha (chamado de desumidificador ou termoelétrico) são os mais baratos e rápidos, porém funcionam com uma "resistência" que resseca muito o ar. É uma boa opção para ambientes úmidos, como o banheiro.

Os aquecedores a quartzo e os halógenos (aqueles que parecem uma torradeira!! E eu confesso que já usei para esse fim quando morei fora...) não são desumidifcadores, porém a superfície fica muito quente, aumentando o risco de queimadura. Além disso, as resistências avermelhadas aparentes deixam o ambiente bem claro, podendo incomodar o sono de algumas pessoas.

Os aquecedores cerâmicos são caros, mas não queimam o ar, pois têm sua resisência recoberta por uma camada de cerâmica. Também possuem ventoínha.

Quem possui ar condicionado com a opção quente e frio pode usa-lo como aquecedor. Entretanto, eles também ressecam o ar. Uma solução seria o uso concomitante de um umidificador. E umidificador é assunto para outro post...

Alguns modelos tem uma trava de segurança que pára o aparelho em casos de queda, outros possuem termostatos que mantém a termperatura constante, ao invés de deixar o ambiente cada vez mais quente.

E se os invernos forem mesmo cada vez mais frios, vale investir num modelo bom e durável!!