7 de set de 2010

De Médico e Louco...


De médico e louco, todo mundo tem um pouco... Talvez seja por isso que as séries de televisão que dramatizam rotinas de hospitais e a vida dos médicos - como as americanas House, ER e Grey’s Anatomy – despertaram a curiosidade no público, e contam com tantas temporadas.

O sucesso é tanto, que os estúdios de TV norte-americanos lançam a cada ano uma série nova, sempre ambientada em hospitais.

As séries mais populares costumam enfocar situações de emergência, ou casos bizarros, com soluções ainda mais bizarras. O que assistimos, entretanto, corresponde à realidade?

Um estudo conduzido por Andrew Moeller, cientista da Universidade Dalhousie, no Canadá, revelou que as séries baseadas em hospitais têm mostrado procedimentos de primeiros-socorros equivocados. A conclusão do estudo foi que, das 59 convulsões atendidas pelos personagens na telinha, apenas 17 - menos de 30% – foram tratadas de forma correta.

Um outro estudo, desta vez realizado pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, mostrou que as séries estão repletas de violações da conduta profissional e ética.

Os pesquisadores avaliaram 46 episódios de House e Grey’s Anatomy, e descobriram
179 questões éticas graves, incluindo a realização de transplante de órgãos sem o consentimento do paciente, e uso de procedimentos experimentais - principalmente no seriado House; isso sem contar os 58 casos de conduta sexual imprópria entre médicos ou enfermeiros, e 27 entre esses profissionais e os pacientes. Nesse quesito, Grey’s Anatomy ganhou a pole position.

Outra pesquisa, também realizada nos Estados Unidos, mostrou que mais da metade dos telespectadores afirmam ter aprendido algo sobre alguma doença assistindo às séries de TV. Esse resultado fez com que alguns estúdios adotassem a supervisão de médicos na elaboração dos roteiros.

A TV não tem mesmo a obrigação de reproduzir a realidade médica nas séries, Vale assistir para se divertir e relaxar (para quem consegue!), mas nada de sair por aí aplicando as lições do Mc Steamy, ou a sutileza do Dr. House!!

Fontes: http://blogboasaude.zip.net/, Revista Ser Médico, http://www.uol.com.br/, http://g1.globo.com/,
www.diariodasaude.com.br